Adesão a planos reduziria pressão sobre o Sistema Único de Saúde

"Esse resultado mostra que ainda existe potencial para as operadoras de planos de saúde crescerem em Alagoas", comentou o provedor da Santa Casa de Maceió Humberto Gomes de Melo na missa festiva em honra a São Vicente de Paulo.

Segundo ele, a adesão da população aos planos de saúde reduz o número de usuários do SUS, reduzindo a pressão por serviços junto à rede hospitalar e ambulatorial conveniada ao Sistema Único de Saúde.

Humberto Gomes faz um comparativo que reforça essa tese. "O Rio Grande do Norte, cujo perfil populacional e econômico assemelha-se ao de Alagoas, possui 521 mil beneficiários de planos de saúde. Enquanto isso, Alagoas registra 416 mil vidas, uma diferença de 105 mil pessoas deixariam de ser assistidas pelo SUS", finalizou.

Fonte: Tribuna Hoje (AL)