O Projeto Parto Adequado, desenvolvido pela ANS, Hospital Albert Einstein e Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde, foi selecionado como um dos vencedores do II Prêmio FGV Direito Rio – Melhores Práticas em Regulação. A iniciativa recebeu menção honrosa na categoria Proteção aos Direitos dos Consumidores ou Usuários. A premiação será realizada no dia 14/10, durante o II Seminário do Projeto Regulação em Números, na sede da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

A premiação tem como objetivo reconhecer e dar destaque às melhores práticas de regulação adotadas por agências reguladoras no Brasil, contemplando iniciativas inovadoras em matérias como transparência, governança, participação, gestão e proteção aos direitos dos consumidores ou usuários. A ANS se destacou com o Projeto Parto Adequado, que tem contribuído para uma mudança sustentável na atenção à saúde materna-neonatal no país. O prêmio é vinculado ao projeto de pesquisa Regulação em Números, desenvolvido pelo Centro de Pesquisa em Direito e Economia (CPDE) da FGV Direito Rio.

Sobre o projeto Parto Adequado

O Parto Adequado é um projeto que visa apoiar e instrumentalizar a implementação de ações baseadas em evidências científicas, para aumentar a qualidade e a segurança da atenção obstétrica, reduzindo o percentual de cesarianas desnecessárias e os riscos delas decorrentes. Atualmente, o setor suplementar de saúde registra um número alarmante de cesarianas: 83% do total de partos (dados de 2018). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), taxas de cesárea maiores que 10% não estão associadas com redução de mortalidade materna e neonatal, não havendo justificativa clínica para a realização de tantas cirurgias.

O projeto utiliza a metodologia conhecida como ciência da melhoria para estimular a reorganização do sistema de saúde. Dessa forma, busca oferecer a mulheres e bebês o cuidado certo, na hora certa, ao longo de toda a gestação, durante o trabalho de parto e no pós-parto, considerando estrutura e preparo da equipe multiprofissional, medicina baseada em evidências e condições socioculturais e afetivas de gestantes e famílias. Desde sua criação, em 2015, até maio de 2019, o Parto Adequado já evitou mais de 20 mil cesarianas desnecessárias.

Saiba mais sobre o projeto.

Entrega do II Prêmio FGV Direito Rio – Melhores Práticas em Regulação

  • Data: 14/10/2019
  • Horário da premiação: 17h
  • Local: Praia de Botafogo, 190, Auditório 12° andar - Rio de Janeiro
  • Clique aqui para mais informações e inscrições