25 07Passou de 176 milhões a quantidade de procedimentos odontológicos contabilizada pelas operadoras de planos de saúde (OPS) em 2018, de acordo com a Nota do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) a partir do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar no Brasil, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Nesse mesmo ano, segundo dados mais recentes do Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Planos de Assistência à Saúde (DIOPS/ANS), a despesa assistencial paga pelas operadoras de planos exclusivamente odontológicos aos prestadores totalizou R$ 1,7 bilhão. Valor 10% superior ao registrado em 2017.

José Cechin, superintendente executivo do IESS, destaca que do total de procedimentos realizados em 2018, 71,8 milhões (40,8%) foram ações preventivas, seguido de 29,2 milhões (16,6%) de raspagem supragengival por hemiarcada em maiores de 12 anos, 15,3 milhões (8,7%) de consultas odontológicas iniciais e 15 milhões (8,5%) de exames radiográficos. "Esses números demonstram a relevância dos procedimentos preventivos na odontologia suplementar", aponta o executivo.

Além de apresentar grandes números, o setor de planos e seguros odontológicos têm avançando em inovações. "Operadoras odontológicas têm investido cada vez mais em mecanismos de Inteligência Artificial para auxiliar a identificar lesões em radiografias, diagnosticar antecipadamente doenças bucais, melhorar o conhecimento do perfil dos beneficiários e, com isso, aprimorar a qualidade do atendimento", comenta Cechin. O executivo aponta também que esse setor tem investido pesadamente em instrumentos para detectar e apurar fraudes, desperdícios e abusos, como tratamentos excessivos e desnecessários ou com baixa qualidade no atendimento.

O executivo pondera que é por conta desses investimentos em aprimorar a qualidade do atendimento assistencial que o setor tem um elevado grau de satisfação de seus beneficiários. Segundo a Pesquisa IESS/Ibope de 2017, 79% dos beneficiários de planos odontológicos estavam satisfeitos ou muito satisfeitos com seus planos, 87% afirmaram pretender "com certeza" ou "provavelmente" permanecer com o plano já contratado e 81% recomendariam "com certeza" ou "provavelmente" o plano odontológico que possuem para um parente ou amigo.