evento facebookTermina nesta sexta-feira (20) o prazo para fazer a inscrição online para o XIII Congresso Nacional das Operadoras Filantrópicas de Planos de Saúde, que será realizado em São Paulo, nos dias 25 e 26 de julho. Com o tema “Não controlamos o vento, mas podemos ajustar as velas”, o evento vai reunir operadoras de planos de saúde de vários segmentos, prestadores de serviços e especialistas. Novas inscrições ainda poderão ser feitas no evento.

A programação científica começa no dia 25 de julho com a palestra magna proferida pelo presidente substituto da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Leandro Fonseca. Em seguida, recebe os diretores executivos da Associação nacional dos Hospitais Privados (Anahpa), Martha Oliveira; e da Federação nacional de Planos de Saúde (FenaSaúde), José Cechin, que vão falar sobre inovação e novas tecnologias na Saúde Suplementar.

O diretor de Provimento de Saúde da Unimed Porto Alegre, Dr. Salvador Gullo Neto, será o palestrante da terceira mesa, apresentando um case de sucesso na Saúde Suplementar. Em seguida, será realizada uma mesa redonda sobre as três mesas da manhã, com participação dos congressistas.

À tarde, o economista de Saúde do Banco Mundial, André Medici, fará uma análise do cenário mercadológico da Saúde no Brasil, abordando os impactos da crise econômica e política na Saúde. Depois, serão apresentados os cases de sucesso na Filantropia, com participação do CEO do Gupo São Cristóvão Saúde, Valdir Pereira Ventura; e do presidente da Santa Casa de Campo Grande e da Federação dos Hospitais Filantrópicos do Mato Grosso do Sul (Febesul), Dr. Esacheu Cipriano Nascimento.

Na manhã do dia 26 de julho, o tema da judicialização e ressarcimento será debatido pela gerente jurídico da Abrmage, Dra. Simone Parré; e pela coordenadora de Filantropia e Ressarcimento do São Cristóvão Saúde, Andrea de Luna Carvalho.

A segunda mesa será dedicada ao debate com os presidentes da Abramge, Reinaldo Scheibe; da UNIDAS, Aderval Paulo Filho; e o vice-presidente da Unimed do Brasil, Alberto Gugelmin Neto, tratando sobre a visão dos outros segmentos na Saúde Suplementar, apontando os problemas comuns e as soluções para o setor.

Na primeira mesa da tarde, a diretora de Fiscalização Interina da ANS, Simone Freire, vai tratar sobre os novos indicadores por faixa de fiscalização. E na última mesa do congresso, os diretores da e-Prosaúde, Daiane Maciel; e da GesSaúde, Roberto Gordilho, vão abordar as novas ferramentas de apoio à gestão.